(79) 99191-0073 / (79) 99881-3753 contato@a2fitcouple.com.br

O cálculo da Circunferência abdominal é uma das formas mais eficazes, digo sem uso de outras tecnologias avançadas, para se ter ideia da gordura visceral que é um importante fator de risco para doenças cardiovasculares.

Gordura visceral é uma acumulação excessiva de gordura (tecido adiposo) na região intra-abdominal, portanto é a gordura localizada abaixo da camada muscular abdominal e entre os órgãos do corpo. (click aqui para saber os prejuízos do excesso de tecido adiposo)

O armazenamento de glicose é o principal responsável pelo desenvolvimento da gordura visceral, especialmente quando ocorre o consumo de carboidratos processados e refinados e comidas saturadas de açúcar.

A gordura visceral tem o formato de gel, envolvendo os órgãos importantes do corpo tais como:

fígado, pâncreas e os rins, gerando a tão conhecido “barrigão de cerveja”.

Pesquisadores da  Mayo Clinic publicaram em 2014 a análise de 11 estudos de coortes que concluiu que existe relação linear entre mortalidade e circunferência abdominal.

A mesma pesquisa revelou que os homens com circunferência abdominal maior ou igual a 110 cm, tiveram um risco de morte 50% maior do que os homens com circunferência abdominal igual ou menor que 90 cm.

 A OMS estabelece como ponto de corte para risco cardiovascular aumentado, medida de circunferência abdominal igual ou superior a 94 cm em homens e 80 cm em mulheres.

Se ao medir sua circunferência abdominal, encontrares medidas maiores das acima referidas, recomenda-se entre outras medidas, procurar um médico ou nutricionista, afim de se estabelecer ações para regularizar tais indicadores de saúde e identificar possíveis danos causados pelo excesso de gordura visceral.

Click aqui e Saiba o que você pode fazer para combater a gordura visceral?

Como medir e interpretar a circunferência abdominal corretamente:

Pegue a fita métrica e meça a circunferência da cintura na altura da cicatriz umbilical.

Também é interessante associar outras informações ou indicadores, para saber seu estado corporal, uma delas é o Índice de Massa Corporal (IMC),

Click aqui para calcular seu IMC.

O nível de obesidade é medido pelo Índice de Massa Corporal, que é calculado dividindo-se o peso pela altura elevada ao quadrado (IMC = Peso/ altura x altura).

IMC abaixo de 18,5 kg/m2 caracteriza desnutrição;

entre 18,5 e 24,9 é a faixa do peso saudável;

entre 25 e 29,9 a do excesso de peso;

30 ou mais a da obesidade.

A ciência têm demonstrado que pessoas obesas (IMC > 30) apresentam mortalidade mais elevada do que as de IMC dentro da normalidade (entre 18,5 e 24,9).

Outra forma, nesse caso mais completa de conhecer o estado e a composição corporal é a análise de bioimpedância, que mede entre outros indicadores, percentual de massa muscular, percentual de gordura corporal total e medida da gordura visceral.

Click aqui para agendar sua avaliação de bioimpedância GRÁTIS.

Conheça alguns casos de sucesso, click aqui

Conheça vários produtos que podem ajudar você a eliminar a gordura abdominal, Click aqui

Adquira nossos produtos, Click aqui